×

Dua Lipa foi a artista mais tocada no Reino Unido em 2020, quebrando série de Ed Sheeran

Músicas da cantora foram as mais tocadas na rádio e televisão britânicas, mas nenhuma superou "Blinding Lights", de The Weeknd

    Dua Lipa foi a artista campeã de execuções musicais no Reino Unido em 2020 quebrando a hegemonia de Ed Sheeran que já durava três anos.

    O sucesso de Lipa se deveu especialmente a duas canções: "Don't Start Now" e "Physical", ambas no top 10 de mais tocadas em rádios, emissoras de televisão, e também em pubs e clubes, ainda que, por causa da pandemia, eles tenham permanecido fechados a maior parte do tempo.

    Quando essas duas faixas são somadas a outras gravações dela, tanto do álbum "Future Nostalgia" (2020) quanto outras mais antigas, a cantora tem o primeiro lugar de artista mais executada. Sheeran agora está em segundo lugar, seguido por Ariana Grande, Sam Smith e Calvin Harris.
    The Weeknd

    Lipa pode ter sido mais a tocada no geral, mas nenhuma música dela superou "Blinding Lights", de The Weeknd em execuções públicas. Mas, ela só perdeu para o canadense mesmo. "Dont Start Now" ficou com o segundo posto e "Physycal" apareceu em sétimo. Faixas de Kygo ("Higher Love (with Whitney Houston)"), Tones & I ("Dance Monkey") e Harry Styles ("Adore You") completaram o top 5.


    Esses foram os dez artistas mais tocados do ano no Reino Unido:
    Ed Sheeran

    1. Dua Lipa
    2. Ed Sheeran (foto)
    3. Ariana Grande
    4. Sam Smith
    5. Calvin Harris
    6. Little Mix
    7. Coldplay
    8. Justin Bieber
    9. Maroon 5
    10 The Weeknd

    E as músicas:
    Harry Styles

    1. "Blinding Lights" - The Weeknd
    2. "Don't Start Now" - Dua Lipa
    3, "Higher Love (with Whitney Houston)" - Kygo
    4. "Dance Monkey" - Tones & I
    5. "Adore You" - Harry Styles (foto)
    6. "Before You Go" - Lewis Capaldi
    7. "Physical" - Dua Lipa
    8. "Memories" - Maroon 5
    9. "This is Real (with Ella Henderson)" - Jax Jones
    10. "Rain On Me (With Ariana Grande)" - Lady Gaga

See too