×
Por Supuesto

Marina sena

Hoje eu olhei pra você
E vi à beça
O gozo, a ginga, a luz
O som, a festa

Reparo em corte de cena
Ponta, planta, mesa
Recorte inteiro
De um amor completo

Só falta pelo menos
Um passo torto em cena
Não vou dormir
Já vi, tô nessa

Eu já deitei no seu sorriso
Só você não sabe
Te chamei pro risco
Então fica à vontade

Vivo em tela viva
Tela de cara e coragem
Solta esse seu muro
E põe os pés nessa viagem

Eu já deitei no seu sorriso
Só você não sabe
Te chamei pro risco
Então fica à vontade

Vivo em tela viva
Tela de cara e coragem
Solta esse seu muro
E põe os pés nessa viagem

Meu sonho feliz
Era chegar e já cair no mar
Pela forma como se segue
O tempo, a nuvem
Pode ser que vai chover
E não vou me molhar

Toda pressa é inimiga do cuidado
E hoje eu quero, amanhã te quero
Posso esperar

Eu hoje tô bem
Quero ser o seu bem
Solta a mão do vão-vem
Do vão-vem

Por supuesto
Que não transpareço
Mas eu já rezei um terço hoje
Pro seu santo me guardar

Zerei as moedas do desejo
Pra você me dar um beijo
Desembolar

Eu já deitei no seu sorriso
Só você não sabe
Te chamei pro risco
Então fica à vontade

Vivo em tela viva
Tela de cara e coragem
Solta esse seu muro
E põe os pés nessa viagem

Eu já deitei no seu sorriso
Só você não sabe
Te chamei pro risco
Então fica à vontade

Vivo em tela viva
Tela de cara e coragem
Solta esse seu muro
E põe os pés nessa viagem

Meu sonho feliz
Era chegar e já cair no mar
Meu sonho feliz
Era chegar e já cair no mar

Meu sonho feliz
Era chegar e já cair no mar
Meu sonho feliz
Era chegar e já cair no mar