×
Açaí

Djavan

Solidão de manhã, poeira tomando assento
Rajada de vento, som de assombração
Coração sangrando toda palavra sã

A paixão, puro afã
Místico clã de sereia, castelo de areia
Ira de tubarão, ilusão
O Sol brilha por si

Açaí, guardiã
Zum de besouro um ímã
Branca é a tez da manhã

Açaí, guardiã
Zum de besouro um ímã
Branca é a tez da manhã