×
Saudade de Tereza

Daniel samuel

Tereza era uma menina linda, que vivia na igreja
Cantava belos hinos de louvores, expulsava a tristeza
Seus olhos tinham um brilho reluzente refletindo o amor
Mas o inimigo um dia armou um laço e sobre ela jogou

Tereza então deixou de olhar pra Deus
E começou olhar o mundo
E a carne tomou conta do espírito em fração de segundos
E levantando a voz pra sua mãe, disse
Mãe, eu vou partir, preciso de dinheiro
Eu vou embora pra minha vida curtir

E as lágrimas de mãe não conseguiram convencer seu coração
Tereza, então, partiu deixando sua igreja
Sua fé e seus irmãos
Jamais imaginava que na frente, seu destino era fatal
Pois o inimigo abriu os braços para ela só pra lhe fazer o mal

Tereza, pelas altas madrugadas, conheceu um sedutor
Que cheio de palavras, lhe fazia falsas juras de amor
Então de corpo e alma, ao pecado ela logo se entregou
E já não era mais uma menina, sua vida se acabou

Depois de muitos dias de embalo, era hora de voltar
Tereza despediu do seu amor, prometendo retornar
Mas ele escreveu-lhe uma carta para ela ler mais tarde
E no final da carta, estava escrito
Bem-vindo ao mundo da AIDS

A dor e o desespero tomou conta do coração de Tereza
Sua beleza foi embora como um rio que deságua para o mar
A luta pela vida foi tamanha, mas morreu, não teve jeito
Ficou no peito uma saudade de Tereza, que jamais irá voltar
E hoje o que resta são os olhos de uma mãe que ainda chora
Chama Tereza com a voz já bem cansada pela casa noite a fora

Mas a Tereza, pelo preço do pecado desse mundo, foi embora
E ficou claro que quem abandona a Cristo
Só encontra o mal lá fora
Só encontra o mal lá fora